1º Concurso Internacional de Guitarra Clássica de Braga
(2019)

Apesar da existência em Portugal de vários concursos de guitarra, a criação do concurso Internacional de Guitarra Clássica de Braga reveste-se de sentido dada a dimensão da cidade, a tradição dos instrumentos de corda em Braga, o elevado nº de praticantes deste instrumento bem como a grande diversidade de estabelecimentos dedicados ao ensino deste instrumento, entre outros.

Este concurso realiza-se bianualmente em alternância com o Concurso Concurso Internacional de Música de Câmara com Guitarra, constituindo ambos um forte elemento programático integrante do Festival de Guitarra de Braga.

Para além da qualidade e reconhecido prestígio internacional do júri do concurso bem como do significativo valor dos prémios atribuídos, o concurso tem ainda outros elementos diferenciadores que lhe aportam maior sentido e valoração tais como a obrigatoriedade dos participantes finalistas interpretarem uma obra Portuguesa obrigatória inédita (categoria internacional), resultante da encomenda efetuada pelo festival a compositores Portugueses, com o valor acrescido da sua publicação posterior.

O Concurso Internacional de Guitarra Clássica de Braga pretende assim fazer parte da oferta de referência internacional neste âmbito, integrando o roteiro internacional dos grandes concursos da especialidade.

Organização:

Câmara Municipal de Braga
Conservatório de Música Calouste Gulbenkian de Braga

Direção Artística:

Vítor Gandarela

Jurí da Categoria Internacional:

José Pina
(Portugal/ Guitarra)

Pavel Steidl
(Rep. Checa/ Guitarra)

Ricardo Barceló
(Uruguai/ Guitarra)

André Santos
(Portugal/ Composição)

Charles Roussin
(Brasil/ Direção)