Xavier Díaz-Latorre

.

Xavier Díaz-Latorre, músico catalão de referência e uma figura incontornável no âmbito da música antiga, apresenta-se no Festival de Guitarra de Braga interpretando obras para Guitarra Barroca e Teorba de 14 cordas dos compositores Robert de Visée, Francisco Guerau e Gaspar Sanz.

Xavier Díaz-Latorre nasceu em Barcelona em 1968. Completou os estudos superiores em 1993 com Oscar Ghiglia na Musikhochschule em Basel. Seu ulterior interesse pela música antiga o levou a estudar alaúde com Hopkinson Smith na Schola Cantorum Basiliensis. Além disso, frequentou vários cursos de regência coral e uma pós-graduação em regência orquestral.

Díaz-Latorre foi premiado em diversos concursos internacionais na França e Espanha.

Desde 1995, tem-se envolvido ativamente no mundo da ópera barroca, tendo participado de grandes produções com importantes maestros como Rene Jacobs ou Jordi Savall.

Xavier Díaz-Latorre participa frequentemente em grandes festivais internacionais na Europa, nos EUA, na Austrália, na América do Sul e na Ásia. É membro de renomadas orquestras e grupos de câmara, tais como os de Jordi Savall – Hesperion XXI, La Capella Reial de Catalunya e Le Concert de Nations, e foi convidado para atuar com outras importantes orquestras e conjuntos como a Orquestra Nacional de España e a Akademie für Alte Musik.

Tem seu próprio ensamble vocal e instrumental, Laberintos Ingeniosos, especializado em performance de música da Era de Ouro Espanhola.

Participou também em mais de 40 gravações com Jordi Savall e seus ensambles.

Tem sido convidado para dar cursos em muitas universidades como: USC em Los Angeles, Schola Cantorum Basiliensis, Sibelius Academy, Yonsei University em Seul (Coréia do Sul), Amherst Early Music Course em New London, Lute Society of America em Cleveland, entre outras. . É professor residente de alaúde, baixo contínuo e música de câmara na Escola Superior de Música da Catalunha (ESMUC) e professor de alaúde no Koninklijk Conservatorium Brussel